RECURSOS

RECURSOS

Iniciativas Editoriais

 
 

Vozes de Nós – Bissau, São Tomé, Huambo


Alain Corbel (coord.), 2011, 57 páginas

Oferta condicionada

Crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, nas cidades de Bissau, Huambo e S. Tomé, contam as suas histórias de vida. São retratos ilustrados por elas próprias, que falam de direitos, de sofrimentos e de sonhos. Edição da ACEP com a AMIC / Guiné-Bissau, Novo Futuro / S. Tomé e Príncipe e Okutiuka / Angola.

 
 

Colecção 

Arquipélago

Aquele Outro Mundo que é o Mundo_CAPA.png

Aquele Outro Mundo que é o Mundo

– Cinco edições da Bolsa de Criação Jornalística sobre Desenvolvimento

Ana Filipa Oliveira e Maria Morais (coord.)
2022, 378 páginas
Oferta condicionada

As reportagens das primeiras cinco edições (2015-19) das Bolsas de Criação Jornalística sobre Desenvolvimento foram reunidas neste volume, muitas vezes feitas a quatro mãos e duplo olhar, de quem vai daqui e de quem recebe lá e, por vezes, desvenda. Porque o jornalismo, e a reportagem enquanto disciplina maior deste ofício, é ainda o melhor tradutor da complexidade do mundo, conferindo-lhe rostos, histórias, lugares.

FuturosCriativos_ocatalogo_capa.png

Futuros Criativos

– Angola, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste

ACEP (Coord.)

2019, 239 páginas

15 €

O catálogo “Futuros Criativos – Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste”, editado em 2019, reúne uma série de iniciativas que, através da criatividade e da inovação, potenciam o desenvolvimento das comunidades, regiões e países onde se inserem. Partiu-se do conceito de economia criativa enquanto sector que possibilita o aparecimento de actividades económicas, suportadas pelo capital cultural, criativo e artístico.

Vozes de Nós – Bissau, São Tomé, Huambo


Alain Corbel (coord.), 2011, 57 páginas

Oferta condicionada

Crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, nas cidades de Bissau, Huambo e S. Tomé, contam as suas histórias de vida. São retratos ilustrados por elas próprias, que falam de direitos, de sofrimentos e de sonhos. Edição da ACEP com a AMIC / Guiné-Bissau, Novo Futuro / S. Tomé e Príncipe e Okutiuka / Angola.

Alfabeto do Desenvolvimento


Adelino Gomes, Adriano Miranda
e outros, 2012

10 €

Um livro-catálogo que é uma proposta de olhares reflexivos sobre o mundo e também fragmentos diversos de história recente. Cada letra abre uma porta para um tema, apresentado por um investigador e, em leituras autónomas, por um jornalista e um fotógrafo, permitindo assim cruzar três perspectivas e diferentes formas de formar, informar, comunicar, influenciar.

Construir o paraíso aqui Documentário


Paulo Nuno Vicente (realização) ACEP (produção), 2009, (43 min.)

5 €

Construir o paraíso aqui é criação de um espaço de histórias, de vozes e de rostos de quem está do outro lado, na cooperação com Cabo Verde e Guiné-Bissau. Histórias de mudança e vozes de dignidade, de interrogação e de confiança também.

A Partilha do Indivisível

 

António Valente e Leão Lopes,
2006, 120 páginas
10 €

De muito se tem feito o caminho dos direitos humanos e dos povos, embora não o suficiente para que não precisem de ser lembrados. De Cabo Verde, os olhares atentos do caboverdiano Leão Lopes e do moçambicano António Valente mostram-nos o que ali tem sido feito. Juntam-se as palavras de Mário Lucio e Fártima Betencourt (Cabo Verde), Ana Paula Tavares (Angola), Teresa Montenegro (Chile / Guiné-Bissau), Alexandra Lucas Coelho, Carlos Narciso e Pedro Rosa mendes (Portugal) e David Gakunzi (Ruanda/Burundi).

Madre Cacau

 

Pedro Rosa Mendes e Alain Corbel,

2004, 111 páginas

12 €

Na sequência de “Ilhas de Fogo”, havia lugar a Timor Leste, dois anos após a sua independência. O resultado é conjunto de reportagens, onde o olhar jornalístico se combina com a linguagem da banda-desenhada, oferecendo um percurso que é ao mesmo tempo rigoroso e onírico. Considerado na recolha bibliográfica de …de uma década de publicações sobre PALOP, Timor e Guiné Equatorial , como a melhor obra em língua portuguesa sobre Timor pós-independência.

aquiestamos.webp

Aqui Estamos
e a Palavra é Nossa

– Mulheres de Cabo-Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe

ACEP (Coord.)

2021, 82 páginas
Oferta condicionada

Este livro resulta do registo fotográfico, também traduzido em exposição itinerante, como reforço da ideia de que as mulheres são detentoras e protagonistas dos seus direitos, independentemente do lugar onde nascem ou vivem. E que têm voz que deve ser ouvida, mesmo que sejam rostos, muitos deles em silêncio, como aqueles que o olhar perscrutante da escritora Odete Costa Semedo observa nos mercados de Bissau.

e-storias d'igualdade


Liliana Azevedo (coord.), 2014, 50 páginas

Oferta condicionada

Esta publicação apresenta Contributos para Comunicar com Igualdade e reúne um leque de depoimentos dos participantes nas discussões promovidas pelo e-storias d’igualdade, que partiu da necessidade de sensibilizar profissionais e estudantes de comunicação sobre a questão da igualdade de género, procurando consciencializar sobre a presença de estereótipos nos media e sobre o papel central da comunicação na eliminação dessas distorções.

Consulte também o manual Contributos para Comunicar com Igualdade.

Vozes de Nós
– Díli, Maputo, Praia


Alain Corbel (coord.), 2013,
57 páginas

Oferta condicionada

Crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, nas cidades de Díli, Maputo e Praia, contam as suas histórias de vida. São retratos ilustrados por elas próprias, que falam de direitos, de sofrimentos e
de sonhos. Edição da ACEP com a ACRIDES / Cabo Verde, Fórum Comunicação e Juventude / Timor-Leste e Meninos de Moçambique.

Livro-agenda perpétua
“52 histórias”


ACEP (coord.), 2010, 228 páginas
10 €

Num livro ilustrado, evocando uma agenda perpétua, ao longo de 52 semanas são apresentadas, por jornalistas, fotógrafos, ilustradores, 52 histórias, rostos, direitos, geografias de coragem, dignidade, mas também de privação e de injustiça.

Notícias do Quelele


Alain Corbel (coord), 2007, 52 páginas
9 €

Um livro onde se cruzam histórias e desenhos de crianças das escolas populares "Aruna Embaló" e "Penha-Bôr", que nos trazem o quotidiano do seu bairro, o do Quelele, na periferia de Bissau, a partir de ateliers dinamizados pelo ilustrador Alain Corbel. Editado pela ACEP e a AD / Guiné-Bissau

A Partilha do Indivisível - exposição fotográfica

 

Coord. ACEP, 2006, 52 painéis
Cedência a pedido

Em formato de exposição fotográfica, o projecto assumiu a itinerância, em geografias tão distintas como a de origem, a cabo-verdiana, mas também a galega, italiana e muitas outras, também em Portugal. Uma exposição que revela rostos, histórias e milagres de Cabo Verde, pelas mãos e olhos de fotógrafos, jornalistas e escritores, Todos na procura de um mundo onde os direitos se vivem na dignidade.

Ilhas de Fogo

 

Pedro Rosa Mendes e Alain Corbel,

2002, 191 páginas

15 €

A reportagem – escrita, ilustrada – tem também por função desocultar. É esse o objectivo deste livro: ajudar a revelar de África, dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa, uma realidade escondida - uma África que se move – e ajudar a desconstruir estereótipos que permanecem. Em formato álbum, uma iniciativa da ACEP, realizada por um jornalista e um ilustrador.

Colecção 

Estudos e Debates

Capa.png

Governação e Luta contra a Corrupção em São Tomé e Principe

– Conferência Internacional, 12 e 13 de Abril de 2022

Vários
2022, 107 páginas

Oferta condicionada

Este livro é o resultado de dois dias da Conferência Internacional sobre Governação e Luta contra a Corrupção, realizada em São Tomé e Príncipe no âmbito do projecto Sociedade Civil pela Transparência e Integridade. O encontro procurou promover o debate entre actores de diferentes naturezas, através da partilha de experiências e do reforço de pontes de diálogo e de colaboração futura para combater a corrupção e a impunidade.

Capa_JornalismoPLP22.jpg

Jornalismo, Cidadanias e Democracias Sustentáveis nos Países de Língua Portuguesa

Vários
2022, 142 páginas

Oferta condicionada

Nos dias 2 a 4 de Março, a Universidade de Coimbra acolheu o Congresso Jornalismo, Cidadanias e Democracias Sustentáveis, que reuniu jornalistas, activistas e académicos/as de diversos países de língua portuguesa. Ao longo dos três dias de sessões, discutiu-se o papel do jornalismo na democracia e na cidadania, bem como os desafios comuns aos diferentes contextos. As comunicações apresentadas estão agora reunidas neste livro, bem como a declaração final do encontro, na qual os participantes apelam ao exercício do jornalismo e da cidadania de forma livre, comprometida e activa.

capa.png

Percursos de Cidadania: Encontro de ONGs de Países de Língua Portuguesa

Vários
2021, 167 páginas

Oferta condicionada

Mais de 20 anos depois do primeiro encontro, vários representantes de ONGs de países de língua portuguesa voltaram a reunir-se para uma reflexão e debate sobre o contexto da intervenção das ONGs, como expressões de cidadania e actores do desenvolvimento, e sobre os desafios e percepções mútuas que determinam a qualidade das relações com outros actores sociais relevantes. As várias intervenções e contributos resultantes deste encontro foram transcritas e editadas neste livro.

publicacao.png

O Financiamento Internacional do 

Desenvolvimento
e Implicações para São Tomé e Príncipe

Vários
2020, 56 páginas

Oferta condicionada

Este livro reúne as comunicações realizadas na conferência final do projecto “Sociedade Civil pelo Desenvolvimento – Mais Transparência, Melhor Governação”. O encontro procurou reflectir sobre as mais recentes tendências do financiamento do desenvolvimento a nível internacional, nomeadamente a entrada do sector privado na arena da cooperação para o desenvolvimento e os desafios enfrentados pela sociedade civil, em termos de financiamento e sustentabilidade.

justiça_e_direitos.png

Justiça E Direitos Humanos na Guiné-Bissau

– Debates e perspetivas

Bubacar Turé, Carlos Sangreman, Luís Vaz Martins, Frederico Pauleta, Fernando Loureiro Bastos, Rita Cavaco
2019, 168 páginas

Oferta condicionada

A primeira parte deste livro aborda a questão da justiça e dos direitos humanos partir de vários primas - histórico, jurídico, político.  A segunda parte reúne um conjunto de intervenções realizadas por ONG, investigadores, consultores e funcionários públicos que estudam e trabalham sobre e no setor da justiça na Guiné-Bissau e que participaram nos debates e seminários organizados.

sociedade civil.png

Sociedade civil e governação em São Tomé e Príncipe

 

Vários 
2016, 128 páginas

Oferta condicionada

Este livro é o resultado de três dias da Conferência Internacional Sociedade Civil e Governação, realizada no centro de Formação Profissional Bissau – São Tomé e Príncipe. Organizada em torno de 4 mesas temáticas sobre temas centrais do projecto, esta conferência contou com a participação de representantes das OSC, do Estado, de jornalistas e de três oradores estrangeiros, provenientes de Moçambique, Angola e Cabo Verde.

observando direitos.png

Observando Direitos na Guiné-Bissau

– Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Saneamento, Justiça, Meios de Subsistência

 

Carlos Sangreman (coord.)
2017, 178 páginas

Oferta condicionada

Pelo terceiro ano consecutivo, o Observatório dos Direitos divulgou o relatório anual de indicadores de Direitos Humanos, desta vez realizando uma comparação com os dados recolhidos anteriormente e que permite perceber a evolução da situação dos Direitos Humanos na Guiné-Bissau em oito indicadores distintos, em todas as regiões (excepto Bolama/Bijagós).

Manual de Advocacia_Capa.png

Manual de Advocacia

– Um guia para pequenas ONGS 

Helen Collison
2022, 54 páginas

Oferta condicionada

Este manual, editado em português pela ACEP a partir da versão original em inglês “Advocacy: a toolkit for small NGOs”, concebida pela INTRAC, tem como objectivo reforçar o trabalho de advocacia de pequenas organizações internacionais, fornecendo ferramentas e metodologia para a elaboração, monitorização e avaliação de estratégia de advocacia, bem como ajudá-las a melhorar a sua resiliência e a fornecer um apoio mais eficaz às organizações e comunidades parceiras no estrangeiro.

Capa.png

Media e Cidadania

– Intercâmbio Internacional de Jornalistas em S. Tomé e Principe

Vários
2022, 76 páginas

Oferta condicionada

O Encontro Internacional sobre Media e Cidadania decorreu em São Tomé e Príncipe, no quadro da III Quinzena da Cidadania (Nov. 2021), e contou com a participação de jornalistas de diversos países de língua portuguesa. Ao longo de dois dias, discutiu-se o estado do jornalismo em cada contexto, os desafios comuns e as pontes de diálogo entre os países. As comunicações apresentadas estão reunidas neste volume.

capa.png

Jornalismo, Cidadanias e Democracias Sustentáveis nos Países de Língua Portuguesa -  Sessões Paralelas

Vários
2022, 137 páginas

Oferta condicionada

Este segundo volume do Congresso Jornalismo, Cidadanias, Democracias Sustentáveis nos Países de Língua Portuguesa reúne textos que resultam das comunicações apresentadas nas sessões paralelas do encontro, que teve lugar na Universidade de Coimbra entre 2 e 4 de Março de 2022. Nele estão contidas reflexões de áreas distintas como o jornalismo, a intervenção cívica e a academia de ciências sociais, de forma a promover um diálogo sobre o papel da comunicação jornalística e dos media na promoção de movimentos democráticos em Portugal e não só.

capa_frente.jpg

Futuro(s) da Cooperação: continuidades
e rupturas

 

Vários
2021, 75 páginas

Oferta condicionada

Num momento de definição de uma nova estratégia da Cooperação Portuguesa e de alterações profundas no campo da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, aceleradas pela pandemia de COVID-19, a ACEP desenvolveu este documento, onde analisa o rumo da Cooperação Portuguesa desde há cerca de 25 anos (quando iniciou o seu percurso nesta área) e identifica possíveis futuros para o campo da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento, a partir de continuidades e de rupturas.

ENGLISH VERSION

As ONGD Portuguesas Perante as Mudanças Globais

Ana Filipa Oliveira e Ana Larcher Carvalho
2020, 88 páginas

Oferta condicionada

Este estudo integra múltiplas perspectivas numa análise multidimensional da mudança e do seu impacto na acção das ONGD portuguesas, no contexto da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento e a Cidadania Global. Pretende-se que sirva de ponto de partida para aprofundar o debate sobre as ONGD em Portugal e seu papel tanto na Cooperação para o Desenvolvimento como na acção cívica.

relatorio futuros.png

Futuros Criativos

-Economia e Criatividade em Angola, Moçambique e Timor Leste

Vários 
2019, 231 páginas

Oferta condicionada

Este estudo constitui o resultado da segunda fase de um projecto iniciado em 2014/2015 em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe. Procura divulgar e sistematizar iniciativas que, através da criatividade, tem contribuído para a emergência de soluções para variados desafios sociais, ambientais e económicos das sociedades contemporâneas. O presente livro propõe-se a analisar, o papel da cultura e da criativa no desenvolvimento.

mulheres sao tome e princ.png

Mulheres de São Tomé e Príncipe

 

Ana Cristina Pereira e Dário Pequeno Paraíso
2018, 152 páginas

Oferta condicionada

Este livro de histórias de mulheres de São Tomé e Príncipe é uma outra forma de contar o quotidiano e de revelar a realização ou a violação dos seus direitos no país. Nele são retratadas 15 mulheres que dão corpo aos desafios do dia-a-dia. O livro procura dar-lhes espaço e protagonismo através de testemunhos que podem “dar força a outras mulheres”, como refere a costureira Júlia Santiago.

direitos das mulheres.png

Direitos das Mulheres em São Tomé e Príncipe

– Conhecer, Capacitar, Informar

 

Vários 
2016, 174 páginas

Oferta condicionada

Um estudo diagnóstico sobre a relação entre jornalistas e profissionais da área do Desenvolvimento em Portugal. Reúne as visões e opiniões de cerca de 30 profissionais dos Media e do Desenvolvimento e elenca um conjunto de sugestões para melhorar a informação sobre questões de Desenvolvimento.

Observando
os Direitos na Guiné-Bissau

– Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Saneamento, Justiça, Meios de Subsistência


Carlos Sangreman (coord.),
2016, 154 páginas
Oferta condicionada

Este relatório de Direitos Humanos na Guiné-Bissau analisa, a partir dos indicadores e das informações recolhidas pela equipa do Observatório dos Direitos nas várias regiões do país (excepto Bolama/Bijagós) diversos aspetos da educação básica, saúde, habitação, água, energia, saneamento, justiça e meios de subsistência (alimentação), ao longo de 2015. Trata-se, portanto, do segundo volume dos relatórios produzidos no âmbito do projecto.

Direitos das crianças em São Tomé e Príncipe


Eduardo Elba e Olívio Diogo,
2015, 122 páginas

Oferta condicionada

Este livro, que é o segundo estudo temático realizado no quadro do projecto Sociedade Civil pelo Desenvolvimento, em S. Tomé e Príncipe, faz um levantamento da situação das crianças santomeses, a partir de uma análise da literatura já existente e de diversas entrevistas e encontros com actores-chave no domínio da protecção das crianças no país. No final, apresenta um leque de recomendações dirigidos aos actores públicos e às organizações da sociedade civil.

Sociedade civil, Advocacia e Sensibilização sobre Direitos Humanos na Guiné-Bissau:

Diagnóstico de Competências das Organizações da Sociedade Civil


Catarina Schwarz, 2015, 128 páginas

Oferta condicionada

A primeira publicação do Observatório dos Direitos é um estudo diagnóstico realizado às organizações da sociedade civil guineenses que trabalham na área dos Direitos Humanos. Esta publicação traça o perfil das competências e também das lacunas que as OSC guineenses têm no domínio da advocacia e da sensibilização sobre Direitos Humanos. Além do diagnóstico, o estudo inclui ainda um conjunto de boas práticas das OSC neste domínio.

O Desenvolvimento nos Media

– Percepções e visões de jornalistas e profissionais da área do Desenvolvimento


Ana Filipa Oliveira e Raquel Faria,
2016, 174 páginas

Oferta condicionada

Um estudo diagnóstico sobre a relação entre jornalistas e profissionais da área do Desenvolvimento em Portugal. Reúne as visões e opiniões de cerca de 30 profissionais dos Media e do Desenvolvimento e elenca um conjunto de sugestões para melhorar a informação sobre questões de Desenvolvimento.

Futuros Criativos

- Economia e Criatividade em Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe


Alexandro Cardoso, Debora Sanches e outros, 2016, 208 páginas

Oferta condicionada

Este estudo procurou identificar e valorizar em cada um dos países – Cabo Verde, Guiné-Bissau e S. Tomé e Príncipe – os recursos e as soluções já disponíveis e tornar o seu conhecimento acessível. Porque trocar ideias, experiências, interrogações e sonhos é talvez uma das formas que mais nos enriquecem, gerando confiança e criando cumplicidades – um processo de auto/inter capacitação, sem prazo definido.

Observando Direitos na Guiné-Bissau

– Educação, Saúde, Habitação, Água, Energia, Justiça


Carlos Sangreman (coord.),
2015, 112 páginas

Oferta condicionada

Este relatório de Direitos Humanos na Guiné-Bissau analisa, a partir dos indicadores e das informações recolhidas pela equipa do Observatório dos Direitos nas várias regiões do país (excepto Bolama/Bijagós) diversos aspetos da educação básica, saúde, habitação, água, energia e justiça, ao longo de 2014 – o primeiro ano de recolha de indicadores.

Sociedade Civil, Comunicação e Advocacia em São Tomé e Príncipe


Pedro Rosa Mendes (coord.),
2014, 128 páginas

Oferta condicionada

Trata-se de um estudo que pretende dar um contributo para reflectir sobre o estado actual das organizações da sociedade civil santomenses e apontar pistas para melhorar as suas capacidades de monitoria e de comunicação com a sociedade, ao mesmo tempo que analisa o trabalho desenvolvido pela Federação das ONG em S. Tomé e Príncipe (FONG-STP) nos últimos anos.

Engenhos de rua:

Modelos de intervenção com crianças em situação de vulnerabilidade/exclusão nos países da CPLP


Orlando Garcia (coord.),
2013, 264 páginas

Retrata os modelos de intervenção de ONG e fornece informação sobre a instituição governamental vocacionada para a promoção dos direitos das crianças nos países da Comunidade de Países em Língua Portuguesa. Um instrumento útil para intervenientes no domínio dos direitos da criança.

A Sociedade Civil e as Políticas Públicas em São Tomé e Príncipe


Aires Bruzaca de Menezes,
Conceição Lima e outros,
2012, 84 páginas

Um livro-síntese das discussões da mesa redonda sobre o papel das organizações da sociedade civil na definição de políticas públicas em São Tomé e Príncipe, e que teve lugar em Dezembro de 2012, em São Tomé. A publicação integra textos sobre a relação entre as ONG santomenses e o Estado, as OSC e os media e ainda a experiência da iniciativa Aid Watch em Portugal.

politicas publicas.jpg

A Sociedade Civil e as Políticas Públicas em São Tomé e Príncipe

Aires Bruzaca de Menezes,
Conceição Lima e outros,
2012, 84 páginas

Um livro-síntese das discussões da mesa redonda sobre o papel das organizações da sociedade civil na definição de políticas públicas em São Tomé e Príncipe, e que teve lugar em Dezembro de 2012, em São Tomé. A publicação integra textos sobre a relação entre as ONG santomenses e o Estado, as OSC e os media e ainda a experiência da iniciativa Aid Watch em Portugal.

Portugal e África: melhor cooperação, melhor desenvolvimento


Ana Filipa Oliveira e Fátima Proença (coord.), 2011, 166 páginas

Oferta condicionada

Trata-se de um estudo que pretende dar um contributo para reflectir sobre o estado actual das organizações da sociedade civil santomenses e apontar pistas para melhorar as suas capacidades de monitoria e de comunicação com a sociedade, ao mesmo tempo que analisa o trabalho desenvolvido pela Federação das ONG em S. Tomé e Príncipe (FONG-STP) nos últimos anos.

Media, Cidadania e Desenvolvimento


ACEP e Ana Filipa Oliveira (coord.),
2010, 150 páginas
Oferta condicionada

Partindo do debate organizado no âmbito d’Os Dias do Desenvolvimento 2010, esta publicação reúne ainda depoimentos de investigadores, jornalistas e membros de ONG de diversas partes do mundo, recolhidos para “Triângulos Imperfeitos” (DVD anexado ao livro), realizado por Paulo Nuno Vicente, e uma reflexão sobre a forma como os media europeus e africanos retratam a estratégia Europa/África.

Mundo Crítico

mundo-critico-5_Capa.jpeg

Edição n.5

Falar de desigualdades, falar de injustiças

2020, 180 páginas

Oferta condicionada

WhatsApp Image 2022-07-13 at 11.48.58.jpeg

ver mais

Colecção Estudos e Debates

Catálogo

Iniciativas Editoriais