© Acep 2016

Objectivos

Este estudo surge em resposta à necessidade de obter, em Portugal, conhecimentos sobre as ONG dos PALOP enquanto eventuais parceiros futuros, no quadro de um processo de construção de um modelo e de um programa de cooperação no domínio da luta contra a pobreza.

 

Nesta base, a ACEP propôs-se a realizar o estudo tendo como ponto de partida as capacidades existentes nos próprios PALOP, tanto ao nível das ONG como dos sectores dos Estados envolvidos na área da solidariedade social e na luta contra a pobreza.

Principais resultados

  • constituição de equipas e sub-equipas, constituídas por duas pessoas – uma do país em estudo e outra de outro PALOP, de forma a contribuir para o desenvolvimento de um quadro Sul/Sul de intercâmbio e de circulação da informação

  • identificação dos tipos de actividades a priorizar: criação de infra-estruturas básicas, formação comunitária, capacitação das ONG e das estruturas do poder local e ainda o recurso ao micro-crédito

  • reconhecimento da necessidade de parceiras entre ONG dos PALO e portuguesas: “obrigação positiva” dos PALOP conviverem com Portugal

  • análise de cenários possíveis de operacionalização das ONG do Sul

Âmbito geográfico

Parceiros

PALOP

Cabo Verde: Plataforma de ONG,

SOLMI – Associação de apoio às iniciativas de auto-promoção
Guiné-Bissau: AD – Acção para o Desenvolvimento, TCHON-TCHOMA, TINIGUENA
S. Tomé e Príncipe – CIAC

Apoio Financeiro

Ministério do Trabalho e da Solidariedade

  • facebook-7-64 (1)